A Barra Energia anuncia emenda ao Charter Agreement da Unidade de Produção Flutante para o Campo de Atlanta, com previsão de chegada na quarto trimestre de 2017

21/07/2017

A Barra Energia anunciou a assinatura de emenda a um dos principais contratos relativos ao desenvolvimento do Campo de Atlanta no Bloco BS4, que proporcionará melhoria na economicidade do projeto. As revisões deste acordo com a Teekay Offshore Partners relativas à unidade de produção flutuante Petrojarl I (FPSO na sigla em Inglês) se fizeram necessárias em função das reformas sendo feitas no navio e instalações de produção e atrasos verificados an execução das mesmas.

A emenda contratual inclui uma previsão firme de chegada da unidade no Campo de Atlanta no quarto trimetre de 2017, redução significativa da taxa de afretamento nos primeiros 18 meses, e um esquema de recuperação destes descontos a partir do décimo oitavo mês, incluindo certos ajustes dependentes dos preços de petróleo.

Renato Bertani, CEO da Barra Energia, comentou que “nós estamos muitos satisfeitos com os resultados destas negociações muito complexas, que nos trarão uma redução no custo operacional de cerca de 15% nos primeiros 18 meses do contrato. Igualmente importante, temos agora uma previsão com muito maior certeza de que a produção do Campo de Atlanta se iniciará no primeiro trimestre de 2018. Este será um marco extremamente importante para a Barra Energia que assim se estabecelerá como produtora de petróleo em águas profundas na costa do Brasil.

O Campo de Atlanta consiste de uma acumulação de petróleo em reservatórios do pós-sal, situado no Bloco BS4 a 185km da costa do estado do Rio de Janeiro, em águas de cerca de 1.500m de profundidade. A Barra Energia detem 30% de participação no campo, enquanto a Queiroz Galvão Exploração e Produção S.A detem outros 30% e é a operadora do projeto, e a OGX Petróleo e Gás S.A detem os restantes 40%. Dois poços de produção horizontais já foram perfurados, testados e equipados com sucesso, estando prontos para serem conectados ao FPSO e iniciar a produção. A produção inicial a partir destes dois poços é estimada em cerca de 20.000 barris diários e um terceiro poço poderá ser perfurados cerca de seis meses após o início das operações.

Sobre a Barra Energia

A Barra Energia do Brasil Petróleo e Gás Ltda é uma companhia Brasileira focada na exploração e produção de petróleo e gás natural nas bacias sedimentares mais prolíficas do Brasil, com o principal suporte financeiro provindo de dois fundos de investimentos privados, o First Reserve e o Riverstone. As principais áreas foco da Barra Energia incluem as Bacias de Campos e Santos na província do pré-sal.